17 novembro, 2007

A Igreja portuguesa

Estive para escrever sobre isto na altura devida, mas a agenda estava cheia. Vem hoje a propósito da nota de Vasco Pulido Valente no Público. As declarações públicas do Papa sobre a igreja portuguesa surpreenderam-me. Parecem uma reprimenda, para toda a gente ouvir, sobre tema interno e delicado da Igreja. Não sei interpretar essa publicidade, tão ao arrepio da "sabedoria" vaticana. Alguém tem um palpite?

1 comentário:

PJ disse...

Os resultados do referendo sobre o aborto?