29 novembro, 2007

Bloguistas ou jornalistas?

Desde há tempos, o Público, no caderno P2, insere uma amostra de coisas publicadas em blogues. Como regra, escolhe entradas sobre o tema do momento. Creio que isto pode contribuir para o agravamento de uma tendência imediatista de muitos blogues, principalmente os mais orientados para o comentário político.

Nunca poderei ser citado nessa secção do jornal, por variadas e certamente justíssimas razões, mas principalmente porque evito escrever sob a pressão do acontecimento, gosto de ter um mínimo de reflexão. Muitos blogues estão a fazer jornalismo, mas mau jornalismo. O jornalista reage ao acontecimento, mas é profissional, dispõe de um dia inteiro para escrever. O bloguista não, escreve com ligeireza, entre o trabalho e o sono, dá asneira. Bom exemplo foi a célebre “pata na poça” de Miguel Portas sobre a acção vândala do Verde Eufémia.

Outra consequência é a redução da extensão e profundidade de análise de algumas entradas em blogues consagrados, agora limitadas a um curto parágrafo, quase um “sound bite”. Por tudo isto, cada vez mais limito a minha lista de leituras diárias obrigatórias a blogues temáticos. Para notícias, tenho a comunicação social.

4 comentários:

Paideia disse...

Tem graça que esta do "sound bite" também já me tenha ocorrido: as pessoas gostam destas pequenas "charges" que são mais fáceis de ler, não exigem grande reflexão e estimulam (ou canalizam) a nossa agressividade, o nosso lado mais sanguíneo.
De quando em vez, aprecio o estilo num blogue de um amigo meu: o http://blogoexisto.blogspot.com/; é que, o estilo sound bite, pode, apesar de tudo, manifestar alguma reflexividade misturada com um toque de humor inteligente. Todavia, a excepção apenas confirma a regra.

Paideia disse...

Tem graça que esta do "sound bite" também já me tenha ocorrido: as pessoas gostam destas pequenas "charges" que são mais fáceis de ler, não exigem grande reflexão e estimulam (ou canalizam) a nossa agressividade, o nosso lado mais sanguíneo.
De quando em vez, aprecio o estilo num blogue de um amigo meu: o http://blogoexisto.blogspot.com/; é que, o estilo sound bite, pode, apesar de tudo, manifestar alguma reflexividade misturada com um toque de humor inteligente. Todavia, a excepção apenas confirma a regra.

Anónimo disse...

não caro amigo, os jornalistas nem sempre têm o dia inteiro para escrever a notícia sobretudo os repórteres de "rua". Eu cheguei a fazer 4/5 serviços em alguns jornais e agências onde trabalhei.
Mas em todos havia o sub, o "editor" no sentido anglo saxónico do termo ou o copy desk dos magazines com livro de estilo.
ora os blogues são bloco notas pessoais que os autores na urgência editam mal para estrangeira leitura.

Domingos disse...

Se nao tem o dia todo para escrever a noticia entao devai ter. Esta claro o bloguista e um amdor que conta a historia a seu belo prazer e nem squer segue as regras jornalisticas. Apesar dalguns blogues retratarem algumas noticias que nao sao publicadas numa redaccao e outras como o www.dchapungo.blogspot.com